15/01/2024 às 11h29min - Atualizada em 15/01/2024 às 20h00min

Como aproveitar as férias sem engordar?

Mestre em nutrição dá dicas para curtir o período de descanso com equilíbrio

Rosangela Andrade
https://inpresspni.com.br/
Divulgação/Herbalife


As férias são um momento para relaxar e fazer uma pausa em nossas atividades diárias. É também uma oportunidade para visitar e explorar lugares desconhecidos. Mas não queremos apenas passear pelos pontos turísticos, como também desfrutar de novos pratos e sabores. Não é mesmo? Afinal, quem não gosta de experimentar as iguarias locais e fazer uma pausa na dieta? Mas isso não significa renunciar uma boa nutrição, de acordo com a mestre em nutrição Susan Bowerman, diretora sênior global de educação e treinamento em nutrição da Herbalife.

Veja como é possível comer de maneira saudável, explorar novos lugares e ainda se deliciar com guloseimas, segundo a expert:

Beba melhor
Apesar dos drinks serem deliciosos, boa parte é carregada de calorias do álcool, de xaropes açucarados e de sucos. Por isso, evite exagerar nas bebidas doces, limitando a quantidade e mantendo a hidratação com chá simples ou água mineral. Nos dias quentes, a hidratação é fundamental para repor o líquido perdido pela transpiração, ajudando a evitar o superaquecimento.

Faça lanches inteligentes
Quando você passa o dia visitando pontos turísticos ou caminhando pela cidade, é provável que encontre snacks tentadores e muita comida de rua. O problema é que vários deles são muito calóricos. Então, procure dividi-los com seus amigos e familiares, limitando-se a apenas uma ou duas mordidas.
Lembre-se também de fazer um café da manhã rico em proteínas e leve alguns lanches saudáveis ​​com você – como barras de proteína, nozes ou frutas. Assim, você terá menos fome e ficará menos propenso a comer esses alimentos.

Mantenha-se em movimento
Embora a ideia é relaxar, férias não significam renunciar seu exercício diário. Leve seu par de tênis ou maiô para aproveitar a academia ou a piscina do hotel.
Alguns resorts oferecem aulas em grupo – de ioga a hidroginástica – como uma maneira divertida de movimentar o corpo. Algumas academias locais possuem planos diários ou de uma ou duas semanas, assim como muitos centros comunitários oferecem sessões de treino. 

Coma mais verde
No lugar do pão com manteiga ou dos aperitivos fritos, comece cada refeição com saladas e vegetais. Esses acompanhamentos são uma ótima maneira de se alimentar de forma saudável antes de se jogar em outras opções.
Procure deixar 50% de suas refeições para os vegetais. Isso vai permitir que você prove as iguarias locais enquanto segue a dieta.

Durma bem
Enquanto a fantasia de viajar nos faz imaginar a cama mais confortável do mundo em um lindo quarto de hotel, a realidade pode significar acampar em um colchão de ar com vazamento ou dormir em um ambiente com paredes finas ou ao lado de muitas pessoas da família. Acontece que existe uma correlação entre a falta de sono e o excesso de alimentação. Pesquisas mostram que, quando ficamos muito cansados, preferimos alimentos nem sempre saudáveis na tentativa de aumentar os níveis de energia. Por isso, se possível, tente dormir e acordar na hora habitual para não atrapalhar seus padrões de sono. Use máscara para bloquear a luz do ambiente e tampões nos ouvidos para reduzir o ruído. Caso acorde cansado, evite os carboidratos refinados e açucarados (como sonhos, waffles e donuts) no café da manhã. Comece a se hidratar com água, café ou chá e consuma proteínas saudáveis como ovos ou iogurte.

Sobre Susan Bowerman
Susan Bowerman é Diretora Sênior Global de Educação e Treinamento em Nutrição da Herbalife. Estudou biologia com honras na Universidade do Colorado e se titulou como Mestre em Ciência e Nutrição de Alimentos pela Universidade Estadual do Colorado. É nutricionista certificada pela Academia de Nutrição e Dietética como especialista em Nutrição Esportiva, Obesidade e Controle de Peso. Também é membro da Academia e diretora assistente do Centro de Nutrição Humana da UCLA e atua como professora assistente de nutrição na Universidade Pepperdine e professora de nutrição do Departamento de Ciência e Nutrição de Alimentos da Universidade Politécnica Estadual da Califórnia.
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canalcomq.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp