16/01/2024 às 17h03min - Atualizada em 17/01/2024 às 00h02min

Pousada em Sorocaba abre as portas para a arte do grafite feminino

Coletivo de mulheres grafiteiras participa de projeto no ‘Bosque Encantado’, espaço que abriga as Minicasas Brasileiras

Luciana Oliveira
www.minicasabrasileira.com.br
Divulgação


O ‘Bosque Encantado’, pousada de minicasas localizada em Sorocaba, interior de São Paulo, abriu as portas para um grupo de mulheres grafiteiras e está transformando o espaço em uma galeria de arte urbana. A convite do empreendedor Cesar de Souza Barroso, o coletivo está grafitando as paredes das já famosas ‘casinhas’, entre nove e 12 metros quadrados, agregando um novo elemento de vivência aos hóspedes.

O grupo, capitaneado pela artista americana Jennifer Erny, que assina como J3rny, tem como proposta tornar a hospedagem uma experiência transformadora. “Normalmente, a arte está nas áreas internas das casas, dos hotéis e pousadas. Mas a nossa ideia foi levá-la para fora, com o objetivo de integrá-la ao conceito do nosso empreendimento, que tem a vivência e a experimentação como elementos principais”, destacou Barroso.

Para desenvolver as criações, as artistas estudaram os projetos das minicasas "Brasileira", "Holandesa", "Amarelinha", "Carioca" e do “Oldtruck”, um caminhão que foi transformado em casa. Para a casa “Carioca”, que está integrada a uma grande árvore, a artista usará elementos que representam a simplicidade e o estilo carioca. Por meio de frases como: “num mundo de excessos, simplificar a vida é uma forma de enriquecê-la”, a grafiteira Rosanne Engelbrecht explora o conceito do minimalismo e propõe aos hóspedes uma reflexão sobre o que traz valor à vida.

Em outro projeto, J3rny pretende convidar o visitante para uma reflexão sobre a importância de sonhos, coragem e conexão com a natureza. De forma subliminar, as ilustrações irão permitir várias possibilidades de interpretações do passado, presente e futuro. “Uma obra que sai do óbvio, que não direciona a um pensamento, porém uma obra emocional, sensível, intrigante na simplicidade da ação e suas consequências que busca uma conversa com o subconsciente, o que pretende ser marcante”, explicou a artista.

“Estamos muito empolgados com este projeto e ansiosos para vê-las fazendo esta arte incrível, que é o grafite. Por meio da arte urbana, será possível despertar importantes reflexões aos nossos hóspedes, o que é transformador”, enfatizou Barroso.
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canalcomq.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp