17/01/2024 às 21h04min - Atualizada em 17/01/2024 às 22h22min

Bachianas Brasileiras de Villa-Lobos e duo de fagote da russa Sofia Gubaidulina são destaques do FEMUSC neste fim de semana

Outra atração é o concerto para viola e cordas do brasileiro Radamés Gnattali com solista do sertão paraibano

A&Z Comunicação
Foto: Diego Redel


As Bachianas Brasileiras, do compositor e maestro brasileiro Heitor Villa-Lobos, e um Duo de fagote da compositora russa Sofia Gubaidulina são alguns dos destaques da programação do Festival Internacional de Música de Santa Catariana (FEMUSC) deste fim de semana.
 
No sábado (13) à noite, a série Grandes Concertos apresenta o quarteto de flautas e cordas de Mozart, além de obras  do compositor e violinista belga Eugène Ysaÿe e de Sofia Gubaidulina. 
 
Para o idealizador e diretor artístico do FEMUSC, maestro Alex Klein, a apresentação da compositora russa promete surpreender: "Teremos um duo de fagotes  que vai  desafiar a nossa habilidade de compreender novas sonoridades desses instrumentos", afirmou Klein.
 
Outro destaque do sábado será o concerto para viola e cordas do brasileiro Radamés Gnattali, com o solista Pedro Silva, do sertão da Paraíba.
 
Já no domingo (14), além da abertura com a obra de Sebastian Bach, haverá as Bachianas Brasileiras número 6 com  flauta e fagote. "Villa-Lobos pensava que a nossa música, especialmente o chorinho, tinha muito a ver com a música de Bach, então ele escreveu as Bachianas Brasileiras", explica Klein.
 
Um quinteto de sopros, formado por professores, vai apresentar a obra do compositor turco Fazil Say e o concerto termina com um octeto de sopros de Franz Joseph Haydn, que foi professor do Beethoven. Todas as apresentações deste fim de semana ocorrem na Igreja Luterana Apóstolo Pedro, no Centro de Jaraguá.
 
Até 20 de janeiro o FEMUSC terá a apresentação de 110 concertos e são todos gratuitos. Além disso, todos os grandes concertos também serão transmitidos no canal do YouTube do festival diariamente, a partir das 20h30. A transmissão ao vivo amplia o alcance do festival, permitindo que espectadores de todo o mundo apreciem a diversidade  musical apresentada durante o evento.
De acordo com os organizadores do FEMUSC, mais de 30 mil pessoas devem acompanhar o festival.
 
Patrocínio
 
Em 2024, para além da Lei do Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura, e patrocinadores que viabilizam o festival desde às primeiras edições, como o WEG, Zanotti, Duas Rodas, o festival renova parceria pelo terceiro ano o Komprão Koch Atacadista e estreia no festival Diamante Geração de Energia. O FEMUSC passa a contar também com o apoio do Itaú. 
“Um parceiro que enxergou o que significa para o estado e para o país esse caldo cultural que acontece aqui há 19 anos”, disse Fenisio Júnior, diretor-geral do festival.

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canalcomq.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp