04/07/2024 às 17h19min - Atualizada em 10/07/2024 às 08h00min

Projeto ‘Era uma Vez...Brasil’ conecta jovens brasileiros às suas raízes históricas

Verbo Nostro
https://www.instagram.com/verbonostro/
divulgação


Desde 2016, o projeto "Era uma Vez... Brasil" tem proporcionado a alunos da rede pública do país uma imersão cultural única na história que liga as vidas de brasileiros e portugueses. Mais do que um intercâmbio, essa iniciativa se destaca como uma verdadeira jornada de aprendizado e autodescoberta, conectando as novas gerações às suas raízes. Ao focar na diversidade e na pluralidade cultural, a iniciativa vai além da tradicional troca de experiências. Através de oficinas, vivências e visitas a locais históricos, os participantes desvendam os laços que unem os dois países, reconhecendo a importância dos povos indígenas e africanos na construção da identidade brasileira.

Neste ano, em sua 8ª edição, o projeto abrange 12 cidades de quatro Estados brasileiros: Pernambuco (Belo Jardim e Recife), Bahia (Jacobina, Mata de São João e Salvador) e São Paulo (João Ramalho, Lençóis Paulista, Quatá, Rancharia, Ribeirão Preto e Serrana). Com 168 escolas públicas inscritas em 2024, são envolvidos 197 professores e 4.839 estudantes do 8º ano do Ensino Fundamental.

Oficinas, vivência e viagens

Com o tema “Mais que o Ipiranga: a independência de outros ‘Brasis’”, a primeira fase do projeto, iniciada em março, se dedicou à pesquisa e estímulo à leitura e escrita sobre fatos históricos que levaram à Independência do Brasil, por meio de oficinas formativas com professores e a posterior produção de histórias em quadrinhos pelos estudantes em sala de aula. A entrega das HQs aconteceu no mês de junho e as mais representativas de todos os municípios serão reunidas em um livro, destinado a escolas e bibliotecas brasileiras e portuguesas. 

Neste mês de julho, período de férias escolares, é a vez da realização de campus de vivências culturais afro-brasileiras e indígenas. A experiência acontece em uma semana em um ambiente imersivo e com a promoção de oficinas de produção audiovisual que resultarão em filmes de curta-metragem sobre o tema. Em agosto acontece a revelação dos selecionados e lançamento do livro.

Na terceira etapa, de 15 a 25 de novembro, um grupo de 100 alunos pernambucanos, baianos e paulistas, além de professores selecionados, partirão para uma viagem de dez dias por Portugal, onde conhecerão escolas, museus e outros centros culturais importantes para a compreensão de nossa história, como Torre do Tombo, Biblioteca Nacional de Lisboa, os palácios de Mafra e Queluz.

Na volta, em dezembro, será a quarta e última etapa do projeto, com a realização de projetos educativos e culturais junto às comunidades onde os estudantes estão inseridos. “Todo este processo tem se mostrado, ao longo dos anos, uma poderosa ferramenta de transformação que envolve a comunidade escolar, por meio da aproximação entre professores e alunos, a participação da família na descoberta de potencialidades e o impulso na autoestima dos jovens, que descobrem que podem transformar a realidade por meio de suas ações”, avalia o coordenador geral do "Era uma Vez... Brasil", Guilherme Ramos Parreira.

Transformação já vivenciada por Isabela Ferraz da Silva, de 20 anos, que participou da iniciativa em 2018, quando era aluna dos anos finais do Fundamental 2 em Lençóis Paulista, no interior de São Paulo. "Foi a melhor experiência da minha vida. O projeto me trouxe autoconhecimento e abriu muitas portas e oportunidades. Ele me fez começar a ter um olhar de pertencimento com a nossa história e cultura, não só como espectadora, mas como parte ativa dela”. Hoje, universitária, conta que o projeto foi inspirador para ela em muitos sentidos, principalmente no campo profissional. “Faço licenciatura em História na Unesp de Assis e, com certeza, minha participação no projeto tem grande parcela de efeito nessa escolha. Além disso, passei a fazer parte da equipe do ‘Era uma Vez... Brasil’, cuidando das edições e publicações que são feitas pelo Instagram”, comenta.

Visão crítica e plural

A professora de Serrana (SP), Larissa Teixeira Arcencio, de 38 anos, está em sua terceira participação no projeto. "As formações trazem um ponto de vista crítico e muito mais plural para minha prática em sala de aula. Utilizar a metodologia proposta pelo projeto tem melhorado o engajamento das turmas. Além disso, os alunos que têm a oportunidade de participar de diferentes fases da ação têm sua visão de mundo ampliada, refletindo também na escola, no seu interesse pela própria história e pela história do Brasil”, avalia. A professora aposentada Patrícia Fabiane Crosara, de 52 anos, que participou do projeto em 2023, quando lecionava em Ribeirão Preto (SP), acrescenta: "Foi uma experiência incrível. As formações trouxeram muitos conhecimentos inéditos, debates e reflexões. É um projeto inovador e que proporciona uma aprendizagem significativa e uma percepção mais crítica da realidade e uma visão de mundo inclusiva e solidária”. 

Semente de conscientização
Além de proporcionar um conhecimento mais profundo sobre a história do Brasil, o projeto inspira os jovens a serem agentes de mudança. A ribeirão-pretana Luiza Dias Gonçalves, de 15 anos, que participou em 2022, destaca que a experiência foi única. “Me proporcionou vivências e reflexões que me marcaram profundamente. Hoje, me sinto muito mais preparada e consciente para crescer na sociedade. Se pudesse fazer com que todos os jovens do Brasil participassem do projeto, eu faria, porque vai além de uma HQ, um campus cultural e uma viagem de intercâmbio para Portugal. É uma semente que vai sendo germinada no estudante aos poucos”, diz.

O projeto "Era uma Vez... Brasil" é uma realização da Origem Produções e do Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura e patrocínio de Hiperideal, Grupo Moura, Jacobina Mineração, Pan American Silver Brasil, Zilor Energia e Alimentos, Rodonaves e Lwart Soluções Ambientais. Mais informações: https://site.eraumavezbrasil.com.br/

Sobre a Origem Produções
Empresa de consultoria e gestão de projetos criativos, com vocação consolidada para atuar em diversas áreas, como cultura, educação, sustentabilidade, esporte e responsabilidade social. Fundada em 2007, a Origem Produções desenvolve trabalhos em todo o país e soma experiências no exterior. Com equipe capacitada e constantemente atualizada sobre as exigências legais e tendências nas diferentes áreas de atuação, a produtora vem se destacando no mercado e conquistando a confiança de clientes e parceiros com transparência. Seus serviços, alinhados às estratégias de negócios e de comunicação das empresas, ampliam o relacionamento com a comunidade e colaboradores, além de dar visibilidade às políticas corporativas. Como interface entre artistas e patrocinadores, a Origem propicia o acesso à cultura, a interação social e o desenvolvimento humano.

SERVIÇO
Agenda do Projeto “Era uma vez...Brasil” – no Estado de São Paulo

Campus Ribeirão Preto
Teve início nesta quinta-feira (4 de julho) e vai até a próxima quarta-feira (10).

Campus Quatá
12 a 18 de julho

Campus Lençóis Paulista
19 a 25 de julho

Eventos divulgação:
- Ribeirão Preto 
15 de agosto (Teatro Municipal)

- Quatá 
21 de agosto

- Lençóis Paulista
 28 de agosto

Intercâmbio em Portugal
De 14 a 25 de novembro

Etapa 4: Conclusão com projeto na comunidade
Dezembro

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
VALTER JOSSI WAGNER
[email protected]

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canalcomq.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp