22/01/2024 às 14h38min - Atualizada em 22/01/2024 às 14h38min

Tocha olímpica percorrerá França protegida por 100 agentes

Segurança do percurso da tocha custará cerca de R$ 5 milhões

Redação

O Globo
A tocha olímpica estará protegida por 100 policiais e gendarmes em uma "bolha" de segurança durante seu percurso na França, de Marselha a Paris, antes da inauguração dos Jogos de 2024, conforme indicou nesta segunda-feira o ministro do Interior, Gérald Darmanin.

"Um centenar de policiais e agentes a acompanharão", incluindo membros do GIGN, a unidade de elite da gendarmeria, afirmou Darmanin durante uma coletiva de imprensa.


Nesta "bolha", "18 policiais e gendarmes como civis" garantirão a segurança do condutor com "proteção próxima".

Uma unidade móvel de forças, composta por 100 agentes colocados à frente e atrás do comboio, também será encarregada de combater "qualquer forma de distúrbio público", detalhou o ministro.

O principal risco de perturbação são os grupos de defesa do meio ambiente "de extrema esquerda", segundo Darmanin. "Neste momento não há intenção por parte da extrema direita", acrescentou.

O revezamento da tocha olímpica começará em Marselha em 8 de maio e terminará em Paris, na abertura dos Jogos, em 26 de julho.
Atletas criticam Olimpíadas de Paris 2024 por preços exorbitantes de ingressos — Foto: Anne-Christine Poujoulat / AFP

Atletas criticam Olimpíadas de Paris 2024 por preços exorbitantes de ingressos — Foto: Anne-Christine Poujoulat / AFP

Atletas criticam Olimpíadas de Paris 2024 por preços exorbitantes de ingressos — Foto: Anne-Christine Poujoulat / AFP
A chama olímpica visitará "100 locais emblemáticos", "mais de 400 localidades" e cinco territórios ultramarinos. "65 localidades de etapa fecharão cada dia", detalhou o Ministério do Interior em um dossier de imprensa.

A segurança do percurso da tocha custará um milhão de euros (1,09 milhão de dólares) ao Ministério do Interior, revelou Darmanin.

Na chegada da tocha a Marselha, onde são esperadas cerca de 150.000 pessoas, serão mobilizados 5.000 policiais e gendarmes.

Antes disso, a cerimônia da tocha olímpica, na qual o remador grego Stefanos Duskos, campeão olímpico em Tóquio, acenderá a tocha, ocorrerá em 16 de abril no estádio da antiga Olímpia, na Grécia.

Aproximadamente 600 pessoas se revezarão para carregar a tocha na Grécia, percorrendo mais de 5.000 quilômetros pelo país.

A tocha partirá depois de barco do porto de Pireu para Marselha, chegando em 8 de maio.

Em Paris, a tocha fará uma primeira parada entre 14 e 15 de julho, visitando vários locais emblemáticos da cidade, como o Museu do Louvre ou a Assembleia Nacional, além de bairros como o popular Belleville.

Durante sua passagem por Paris, 1.600 policiais e gendarmes serão mobilizados.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canalcomq.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp