22/01/2024 às 14h21min - Atualizada em 23/01/2024 às 09h19min

A idade do homem e a possibilidade do Congelamento de Sêmen

O congelamento de sêmen oferece aos homens a oportunidade de preservar sua fertilidade e planejar o futuro da paternidade

Gabriella Torres
Divulgação
Divulgação


Diante da acelerada mudança de comportamento e da expectativa de vida aumentando as pessoas tem prorrogado algumas etapas. Já é uma realidade a gestação a partir dos 40 anos para as mulheres como algo seguro e usual. Contudo, para os homens, cuja fertilidade sempre teve uma longevidade maior, entretanto, especialistas chamam a atenção para a qualidade do material genético.  

Com o avançar da idade, a qualidade do sêmen masculino é afetada, impactando diretamente na capacidade reprodutiva. Estudos indicam que entre os 45 e 50 anos, homens experimentam uma notável diminuição na qualidade do esperma, levando a questionamentos sobre a possibilidade de congelamento para preservar a fertilidade.

A recomendação especializada sugere que o congelamento seja considerado antes dos 45 anos, embora não exista um limite estrito para este procedimento. O método envolve um processo similar ao exame de espermograma, em que o homem realiza a coleta através da masturbação. Posteriormente, o laboratório analisa os espermatozoides, congelando os de melhor qualidade em tubos criogênicos armazenados em tanques de nitrogênio.

“Quando chega o momento de utilizar o sêmen congelado, é essencial notificar o laboratório responsável”. Profissionais especializados procedem com o descongelamento do sêmen, tornando-o disponível para fertilização in vitro. Este processo requer também a coleta de óvulos da mulher, os quais serão fertilizados pelos espermatozoides previamente congelados, explica Dr. Nelson Tatsui, Hematologista do HC-FMUSP e Diretor-Técnico do Grupo Criogênesis, laboratório de coleta e armazenamento de células troco e sêmen.  

O médico cita também alguns casos onde o armazenamento de sêmen é recomendado. “Homens que vão realizar vasectomia, pacientes em tratamento de fertilização in vitro, expostos a materiais contaminantes como agrotóxicos e toxinas ambientais, podem se beneficiar desse método em um futuro”, enfatiza.

Ressalta-se que o congelamento de sêmen envolve a assinatura de termos específicos de esclarecimento e informação, garantindo a segurança do processo. Além disso, exames de sangue prévios são obrigatórios para assegurar a inexistência de doenças infecciosas no paciente. De acordo com especialista, todo o procedimento é considerado seguro quando realizado dentro destas diretrizes estabelecidas.

Sobre a Criogênesis: referência na coleta e criopreservação de células-tronco de Sangue e Tecido do Cordão Umbilical e Polpa de Dente, se consolida como um dos maiores centros de medicina regenerativa do Brasil. Utilizando tecnologia de ponta investe em segurança, materiais e maquinários de padrões internacionais. Pioneira no Brasil e com duas décadas de operação, oferece ainda o armazenamento de sêmen, protocolos em terapia celular, Plasma Rico em Plaquetas (PRP) com tecnologia de aférese, fotoférese e plasmaférese. É detentora do certificado e aprovação americana da Associação para o Avanço do Sangue e Bioterapias (AABB), que permite a empresa fazer parte de um seleto grupo mundial de bancos de cordão umbilical, composto por aproximadamente 75 entidades em todo continente. Sua missão é estimular o desenvolvimento da biotecnologia por meio de pesquisas, assegurando uma reserva celular para tratamento genético futuro. www.criogenesis.com.br

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canalcomq.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp