24/01/2024 às 12h26min - Atualizada em 25/01/2024 às 00h00min

Quase 60% de profissionais de RH dizem não ter orçamento dedicado a ações de diversidade, equidade e inclusão, revela a Ticket

Pesquisa com profissionais de RH também mostra que, apesar do baixo investimento, 63% afirmam que diversidade, equidade e inclusão são prioridades estratégicas para a organização em que trabalham

Thais e Silva
www.ticket.com.br
Divulgação


Segundo pesquisa feita pela Ticket, marca da Edenred Brasil de vale-refeição e vale-alimentação, com mais de 300 profissionais de recursos humanos, 63% das pessoas participantes afirmam que diversidade, equidade e inclusão (DE&I) são prioridades estratégicas para as empresas em que trabalham. Contudo, 57% dos profissionais revelaram que não existe por parte das companhias um orçamento dedicado a ações com foco nas temáticas.

Tatiana Romero, diretora de recursos humanos da Ticket, ressalta a importância de se investir cada vez mais em ações voltadas às temáticas, com a finalidade de fazer as pessoas se sentirem seguras para serem quem são, além de preparar a empresa para receber novas pessoas que ainda serão contratadas   “Enquanto empresa, a Ticket está comprometida em garantir e promover um ambiente de trabalho seguro, respeitoso, livre de discriminação e com igualdade de oportunidades e de desenvolvimento profissional para todas as pessoas que compõem o nosso quadro. Acreditamos muito no poder na diversidade para enriquecer projetos, processos e demais atividades do dia a dia de trabalho, por meio de contribuições de pessoas diferentes entre si”, complementa.

Ainda segundo o levantamento, 19% dizem que não há planos para aumentar o investimento em ações de diversidade no próximo ano, 16% planejam ampliar os aportes e 8% pretendem iniciar investimentos na área em 2024.

Quando questionadas sobre o principal desafio para avançar nas frentes em questão, as pessoas ouvidas elencam resistência interna (37%) e baixo apoio e engajamento da liderança (31%). Já 23% disseram que há falta de clareza em relação ao plano estratégico da empresa e outros 23% mencionaram a falta de profissionais alocados para ações dedicadas à temática. Por fim, 16% revelaram a ausência de objetivos e compromissos de diversidade a serem alcançados.

Sobre as dimensões de diversidade que são priorizadas e trabalhadas de forma estruturada dentro da organização, destacam-se gerações (25%), gênero (24%) e pessoas com deficiência (22%). Na sequência, aparecem raça e etnia (18%) e LGBTI+ (11%).

Diversidade, equidade e inclusão na Ticket

A Edenred Brasil, Grupo do qual a Ticket faz parte, recebeu, em 2022, o Selo de Direitos Humanos e Diversidade, promovido pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania da Cidade de São Paulo. O reconhecimento foi resultado do seu programa de diversidade, equidade e inclusão, o SER, lançado em 2022 e estruturado nos pilares governança, desenvolvimento, comunicação e eventos.

O SER tem como objetivo criar uma cultura que valorize e promova a diversidade em todas as suas esferas, garantindo um ambiente de trabalho inclusivo, equitativo, seguro, respeitoso, livre de discriminação e com oportunidades de crescimento e desenvolvimento para todas as pessoas. O programa está conectado à estratégia global de sustentabilidade da Edenred, chamada Ideal, por meio do pilar Pessoas.

Hoje, mais de 300 pessoas estão envolvidas na agenda DE&I da organização, sendo 250 membros dos Grupos de Afinidade (GAs). Foram realizados 50 encontros oficiais para os integrantes, com consultoria especializada, incluindo três momentos oficiais de capacitação para cada grupo, com duração de 1h30, e com temáticas definidas pelas lideranças dos GAs. “Acreditamos na importância de garantir segurança psicológica para as pessoas poderem ser quem são e se sentirem pertencentes ao ambiente de trabalho”, acrescenta Tatiana.

A Edenred é signatária de cinco compromissos públicos, relacionados aos pilares do Programa SER: diversidade geracional, equidade de gênero, , LGBTQIAP+, pessoas com deficiência, e raça e etnia. E, considerando o incentivo ao protagonismo de carreira e investimento de tempo em desenvolvimento pessoal e profissional, mais de 2000 horas em treinamentos sobre os temas foram contabilizados.


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canalcomq.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp