29/01/2024 às 17h35min - Atualizada em 30/01/2024 às 00h01min

Oftalmologista diz que cuidados com hidratação devem seguir durante todo mês de fevereiro

Calor pode levar à desidratação, afetando a produção de lágrimas e causando olhos secos

Target Estratégia em Comunicação
Dr. Fernando Ramalho - oftalmologista e especialista em cirurgia refrativa na Oftalmos - Hospital de Olhos
Divulgação - FreePik


Até o final de fevereiro, é fundamental investir em óculos de sol de qualidade, com proteção UV, que não apenas proporcionam conforto visual, mas também protegem os olhos dos raios prejudiciais do sol, alerta Dr. Fernando Ramalho, especialista em cirurgia refrativa no Oftalmos-Hospital de Olhos, de Balneário Camboriú e região (Bombinhas, Blumenau, Brusque, Camboriú, Florianópolis, Itajaí, Itapema, Nova Trento, Pomerode).

O oftalmologista, que também é membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, destaca que a exposição prolongada ao sol, especialmente em praias e piscinas, aumenta o risco de problemas oculares, incluindo queimaduras na córnea e danos causados pela luz ultravioleta (UV).

Outra proteção essencial, diz Dr. Ramalho, é a hidratação adequada:
“O calor pode levar à desidratação, afetando a produção de lágrimas e causando olhos secos. Por isso, manter-se hidratado é crucial para garantir a saúde ocular. Beba água regularmente, principalmente em ambientes quentes", aconselha o especialista.

Também é aconselhável evitar a exposição direta ao sol, especialmente durante as horas mais intensas. Para isso, vale a pena investir no uso de chapéus de abas largas para proteger os olhos, bonés e, sempre que possível, buscar lugares que ofereçam sombra.

E ao aproveitar o tempo nas praias e piscinas, Dr. Ramalho destaca a importância de enxaguar os olhos após nadar. "A água salgada do mar ou as substâncias químicas em piscinas podem irritar os olhos. Lavar gentilmente os olhos com água limpa após nadar ajuda a remover possíveis irritantes. Mas cuidado, caso você use lentes, pois a água da torneira jamais deve ter contato com o produto, de forma a evitar a contaminação por bactérias", aconselha.

Para os nadadores frequentes, o uso de óculos de natação oferece uma camada extra de proteção contra irritações e possíveis contaminações na água, acrescenta o Dr. Ramalho e, em caso de surgirem sintomas como vermelhidão, coceira ou visão turva, é essencial procurar atendimento oftalmológico. "Não ignore sinais de desconforto visual, pois a rapidez na intervenção pode prevenir complicações mais graves", diz o médico.


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canalcomq.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp