20/02/2024 às 18h52min - Atualizada em 21/02/2024 às 00h00min

Álbum visual de brasileira ganha prêmios em Praga e Munique

Artista também foi indicada a prêmios na Argentina e na Inglaterra

Julia Ourique
OrBe Comunicação
Poster de "Voicemail", da Fernanda Bessa - Crédito: Divulgação


 

A atriz e criadora Fernanda Bessa (SP) teve o seu álbum visual, “Voicemail”, premiado no Prague International Music Video Awards, na categoria de Melhor Videoclipe da América do Sul, e no Munich Music Video Awards, como Melhor Videoclipe da América Latina. E ainda, foi indicada na categoria de melhor curta-metragem experimental no Buenos Aires International Film Festival; e no London Lift-Off Film Festival, no New Voices Shorts Programme. Este é seu primeiro trabalho autoral e independente, disponível no YouTube e em todas as plataformas digitais. Com ele, Fernanda Bessa se lança não só como atriz, mas como produtora executiva, roteirista e cantora.

 

Assista “Voicemail”: https://youtu.be/P4R5KDpR7O4?si=GyGnqNTmKsP40Ozz

 

“Estes prêmios significam um grande reconhecimento pra mim, ao mesmo tempo que são motivadores para que continue criando e acreditando na potência das narrativas. Também é bonito ver como uma ideia que parte de você é capaz de engajar outras pessoas a trabalharem contigo, como foi o caso de Vini Piran, por exemplo, o diretor de fotografia de ‘Voicemail’. Na época, não nos conhecíamos e hoje em dia somos muito amigos. Ver pessoas que não te conhecem topando sua ideia e fazendo dela algo coletivo é algo, realmente, muito tocante”, elogia Fernanda Bessa, atriz e criadora.

 

O projeto foi iniciado durante a oficina “Ligações Dramatúrgicas”, da atriz Júlia Portes, em que Fernanda Bessa criou uma série de poemas autorais. Inspirada em "Textão", de Liniker, junto ao seu produtor musical NOEDIR, ela deu início ao desenvolvimento de um EP de poesias. Com a entrada de Mariana Estol, preparadora vocal e diretora de arte do projeto, um dos poemas, "Leito compartilhado", se transformou em música. Gravado em três dias, o EP se expandiu e se tornou um álbum visual. A artista, desta vez, inspirou-se em Luedji Luna e o álbum "Como é bom estar debaixo d'água".

 

“Algo do formato do álbum visual também me capturou muito, pois era uma maneira de poder mostrar e investigar a minha versatilidade como uma atriz que cria, que canta, que escreve. Manu Gavassi com seu álbum visual "Gracinha" também serviu como inspiração. Este formato, no Brasil, também é algo novo, portanto, mais um motivo de querer participar dele.”, explica Fernanda

 

O filme "A pior pessoa do mundo" (2021), de Joachim Trier também serviu como fonte de inspiração para a artista e o diretor de "Voicemail". A sequência em que Julie caminha pela cidade após o coquetel de lançamento de seu namorado é uma grande referência visual para a criação do desfecho do álbum visual, marcando o encontro de Fernanda com a cidade de São Paulo, enquanto "prefere caminhar só", no amanhecer.

 

“Acho que eu gosto muito dessa cena porque é um momento de fragilidade dessa personagem, ela não sabe muito bem o que ela quer, se ela quer ou não aquele relacionamento, e os rumos que a vida dela tá tomando - pelo menos eu interpretei desse jeito - e acho belíssimo o modo como aquilo é descrito no filme. Ela vendo a cidade, o sol se pondo, sozinha. Eu amei muito o resultado que a gente alcançou em "Voicemail". Fomos pro centro cedinho, tava de madrugada, meu pai levou a gente de carro, foi muito legal! Aí chegamos, gravamos correndo pra aproveitar a luz natural do sol, mas deu tudo certo e ficou perfeito. Apegada demais a esse final.”, relembra Fernanda.

 

A atriz conta que seus próximos passos estão em aberto, mas que o desejo de continuar criando e contando histórias, através da atuação, sejam elas autorais ou não, vai continuar. 

"Nunca imaginei que fosse criar histórias do zero quando comecei minha trajetória artística, e agora isso parece fazer muito parte de quem sou. No momento estou em processo de pesquisa de criação de uma ficção sobre duas irmãs, e isso deve levar um tempo para ser desenvolvido, e também estou envolvida num processo criativo de uma peça sobre violência sexual com uma amiga atriz, Natalia Burger."

 

Conheça Fernanda Bessa

Atriz e criadora, Fernanda Bessa mora em São Paulo (SP). Aos 22 anos, lançou o álbum visual "Voicemail", seu primeiro trabalho autoral que abarca cinema, poesia e música. Misturando autoficção e realidade, o trabalho é um mergulho pela memória da protagonista que após receber uma mensagem relembra momentos bons do passado, até que decide sair para uma festa cujo desfecho é um reencontro inesperado. "Voicemail" trata de memória, decisões e explora as primeiras experiências amorosas de uma jovem adulta recém-chegada em São Paulo.

 

Ficha técnica

 

Criado por: Fernanda Bessa

Direção: Lucas Tomaz Neves 

Roteiro: Fernanda Bessa e Lucas Tomaz Neves 

Elenco: Fernanda Bessa e Rafa Americo

Direção de fotografia: Vini Piran 

Direção de arte: Mariana Estol

Produção executiva e direção de produção: Fernanda Bessa

Produção de set: Natalia Burger

Assistência de direção de arte: Luli Buratini e Natalia Brito 

Assistência de câmera: Guilherme Carrara 

Beleza: Isabela Lourenço e Larissa Lis 

Styling: Fernanda Bessa

Figuração: Bia Jesus, Céu Andrade, Jana Dias, Laura Hanek, Luli Buratini, Mariana Estol, Mário Netto, Natalia Burger e Noedir Ferrara 

Edição e finalização: Lucas Tomaz Neves 

Cor: Vini Piran 

Still: Brenda Quevedo 

Produção musical: Noedir Ferrara 

Direção vocal e preparação vocal: Mariana Estol 

Mixagem e masterização: Bruno Pelloni 

Direção de arte gráfica: Icaro Chagas

Marketing e estratégia digital: Walter Feitosa 

Comunicação: Bárbara Pimentel

 

Acompanhe Fernanda Bessa

 

.Instagram: https://www.instagram.com/fernandalbessa/

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canalcomq.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp