28/02/2024 às 11h09min - Atualizada em 29/02/2024 às 00h03min

Parente do interior avisa sortuda sobre prêmio de R$ 1 milhão da Nota Fiscal Paulista

Prêmio saiu para uma moradora do Jardim Vista Alegre, na zona norte de São Paulo; ela concorreu com nove bilhetes

Governo do Estado de São Paulo
https://www.saopaulo.sp.gov.br/ultimas-noticias/parente-do-interior-avisa-sortuda-sobre-premio-de-r-1-milhao-da-nota-fiscal-paulista/


DownloadGoverno de SP

Num belo dia, uma moradora da capital paulista recebeu uma mensagem inusitada no celular. “Será que você não é a ganhadora do prêmio de R$ 1 milhão da Nota Fiscal Paulista?”. A abordagem de um parente do interior veio após a divulgação, por parte da Secretaria da Fazenda e Planejamento (Sefaz-SP), informando que o prêmio havia saído para uma moradora do Jardim Vista Alegre, na zona norte de São Paulo.   

Intrigada com a informação, a mulher não pensou duas vezes e recorreu ao site da Nota Fiscal Paulista, onde teve a confirmação: ela era mesmo a premiada. “Meu coração disparou”, resume. A sortuda do 183° sorteio do programa não esperou o contato da equipe técnica da Fazenda com a informação, ela se dirigiu à regional da Sefaz na Lapa e falou diretamente com um técnico.   

Passada a surpresa e toda euforia, ela pretende sair do aluguel e comprar a tão sonhada casa própria. “Sou muito ansiosa. Já até encontrei o imóvel que quero comprar”, conta. No sorteio de fevereiro, ela concorreu com nove bilhetes eletrônicos ao solicitar a inclusão do CPF nas notas fiscais das compras realizadas em outubro de 2023.   

Toda a história acima foi contada durante a cerimônia de entrega dos cheques simbólicos, realizada nesta terça-feira (27), na sede da Sefaz-SP, na capital paulista. E contou com a participação de Luiz Marcio de Souza, subsecretário da Receita Estadual, e Marcel Siqueira, diretor de Atendimento, Gestão e Conformidade, além de familiares e representantes das cinco entidades que também foram premiadas.  

As instituições sorteadas com R$ 100 mil foram a Associação de Proteção Independente aos Animais Abandonados, de Casa Branca; Instituto Acaia, da Vila Leopoldina, na capital; Associação Assistencial e Educacional Jardim Santo André, de Santo André; Lar Vicentino de Lagoinha Obra Unida a Sociedade de São Vicente de Paula, de Lagoinha; e Comunidade Bom Pastor, de Bauru.   

Associação de Proteção Independente aos Animais Abandonados (APIA) atua como abrigo temporário para animais desde 2020. Com colaboração de 12 voluntários, protege os animais em todas as etapas, desde o resgate, até a castração, vacinação e adoção. O recurso da Nota Fiscal Paulista será usado em campanhas de conscientização de proteção aos animais, sobretudo em bairros carentes, além de quitar dívidas da entidade.

“Atualmente atendemos cerca de 20 a 30 animais por mês. O dinheiro do prêmio vem em ótima hora, possibilitando a castração de ainda mais animais e o microchip em cães e gatos atendidos, que facilitará a sua identificação caso ele fuja ou se perca”, destaca Maria Cristina Rodrigues dos Santos, presidente da APIA. A instituição sobrevive de doações de populares e de um bazar periódico conhecido como “BazarCão” em Casa Branca, cidade a 230 quilômetros da capital paulista.  

O Instituto Acaia se dedica à educação. Fundado em 2001 como organização social privada, promove atividades socioeducativas e é financiado por doações, convênios e um fundo patrimonial. O projeto socioeducativo articula ensino de qualidade, atenção de saúde e formação cidadã. Recebe gratuitamente, em período integral, 250 crianças e jovens moradores das favelas das cercanias da Ceagesp, em São Paulo. Há ainda uma unidade em Corumbá (MS), para atender crianças que vivem no Pantanal. O prêmio da Sefaz-SP será direcionado aos projetos tecnológicos desenvolvidos com os alunos.  

A Associação Assistencial e Educacional Jardim Santo André também atende público infantil. No formato de creche, recebe 156 crianças, divididas em três berçários e quatro maternais. A unidade é mantida com recursos variados, como a parceria com a prefeitura, doação, eventos beneficentes e o programa Nota Fiscal Paulista. O prêmio de R$ 100 mil será usado para o custeio fixo da entidade. Gilberto Rodrigues, presidente da ONG, ressalta que ficou sabendo que a entidade havia levado um dos prêmios por meio de um amigo, que é genro do fundador da associação e tinha visto a notícia na imprensa local.“Foi uma grande euforia e felicidade para nós”, completa.  

Já o Lar Vicentino de Lagoinha funciona como um lar de repouso para idosos, sobretudo com vulnerabilidade social e sem familiares. Atualmente, atende 12 homens e 12 mulheres. A entidade é mantida com o repasse de 70% da aposentadoria de casa interno, além de doações, bazares e eventos. O montante do prêmio da NFP será usado em melhorias, como a instalação de hidrômetros para a prevenção ao incêndio. 

Há 37 anos em Bauru, a Comunidade Bom Pastor mantém cinco serviços assistenciais: casa de passagem, república para idosos, dependência química, creche para crianças e comunidade terapêutica masculina. Por mês, são atendidas cerca de 250 pessoas em todas as vertentes assistenciais. O prêmio da NFP será usado para melhorar a infraestrutura da comunidade terapêutica masculina, além dos custos fixos. 

Sorteio de janeiro 

Na 183ª extração da Nota Fiscal Paulista concorreram os cadastrados que efetuaram compras em outubro de 2023 e solicitaram a inclusão do CPF/CNPJ no documento fiscal. No total, foram sorteados 655 prêmios que somam R$ 6,7 milhões.   

Consumidores de todo o país podem participar do programa, basta indicar seu CPF nos documentos fiscais emitidos por comércios paulistas participantes da Nota Fiscal Paulista. Para concorrer aos sorteios e ter acesso aos créditos é só se cadastrar no programa, saiba como.    

Sobre o programa Nota Fiscal Paulista  

A Nota Fiscal Paulista, criada em outubro de 2007, integra o Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do Governo do Estado de São Paulo e reduz, de fato, a carga tributária individual dos cidadãos, que recebem créditos ao efetuar compras de mercadorias em São Paulo.   

O sistema distribui até 30% do ICMS efetivamente recolhido pelos estabelecimentos comerciais aos consumidores que solicitam o documento fiscal e informam CPF ou CNPJ, proporcional ao valor da nota.   

A devolução é feita em créditos que podem ser acompanhados pela internet e utilizados para pagamento do IPVA ou resgatados em dinheiro. O consumidor também pode solicitar o documento fiscal sem a indicação do CPF/CNPJ e doá-lo a uma entidade de assistência social, saúde, educação, defesa e proteção animal ou cultura cadastradas no programa Nota Fiscal Paulista, se assim desejar. Essa é uma decisão pessoal e exclusiva do consumidor.   

Desde janeiro de 2019 os consumidores (pessoas físicas e condomínios) e instituições assistenciais cadastradas no programa passaram a ter seus créditos liberados mensalmente. Os valores permanecem à disposição dos participantes por um ano, a contar da liberação, e podem ser utilizados a qualquer momento dentro desse período. O saldo mínimo para transferência é de R$ 0,99. 

No total, a Nota Fiscal Paulista devolveu aos participantes do programa cerca de R$ 18,5 bilhões, sendo R$ 16,4 bilhões em créditos e mais de R$ 2,1 bilhões em prêmios nos 183 sorteios já realizados. 

Para conferir os créditos, aderir ao sorteio ou obter mais informações sobre a Nota Fiscal Paulista, basta acessar o site. Para baixar o aplicativo do programa, acesse a loja de aplicativos de seu smartphone ou tablet. 

O post Parente do interior avisa sortuda sobre prêmio de R$ 1 milhão da Nota Fiscal Paulista apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.



Fonte: www.saopaulo.sp.gov.br
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canalcomq.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp