05/01/2024 às 11h24min - Atualizada em 09/01/2024 às 16h08min

A Saint-Gobain Canalização faz parcerias com startups para ampliar diversidade e inovação

Empresa se une a Plure e IBBX nas áreas de recrutamento feminino e tecnologia, respectivamente, para avançar na agenda ESG e atrair novos negócios

Daniella Bottino
Weber Shandwick
Divulgação Saint-Gobain Canalização


Em busca de inovação, diversidade, ampliação dos serviços e desenvolvimento de novos produtos, a Saint-Gobain Canalização fechou parcerias estratégicas com startups de tecnologia e recrutamento feminino. Agora, um ano e meio após o anúncio da primeira parceria, a empresa colhe os frutos nas suas unidades fabris, nos escritórios administrativos e com seus clientes. Só em 2023, a iniciativa pioneira com a greentech IBBX fez com que mais de 1,7 mil sensores, desenvolvidos pela empresa e a startup, fossem instalados em 30 indústrias de diferentes ramos, como automobilístico, mineração, construção civil, saneamento e siderurgia. Já a parceria com a Plure rendeu a inscrição de mais 1.700 currículos de mulheres no banco de talentos da SG Canalização.

Plure
Iniciada no meio do ano passado, a parceria com a Plure tem como objetivo atrair mais diversidade feminina para as áreas administrativa, operacional e nas lideranças. Marina Rodrigues, Líder de Produção Moldação Gazzola, é um exemplo do sucesso dessa iniciativa. Na empresa há dois anos e meio, ela viu na participação no treinamento “Carreira de Mulher”, promovido pela startup e a SG Canalização, a chance de adquirir novas habilidades e conhecimentos. “Sempre fiz os treinamentos e os programas propostas pela empresa. Mas a minha experiência no ‘Carreira de Mulher’ foi ainda mais gratificante e surpreendente. O programa nos encorajou a aprofundar o nosso autoconhecimento e ainda me deu ferramentas necessárias para alçar novos voos na minha vida profissional”, diz.

Há pouco mais de seis meses em um cargo de liderança, Marina Rodrigues também revela que os ensinamentos adquiridos nas palestras e conversas do “Carreira de Mulher” foram essenciais nos primeiros meses de atuação no novo cargo. “O conteúdo do treinamento tinha uma linguagem acessível e abordava os mais diferentes temas, do operacional ao relacionamento interpessoal entre equipes. Nas nossas rodas de conversa, pude me conhecer melhor, identificar os tipos de liderança que se encaixam no meu perfil e ainda pude aprofundar o conhecimento sobre a minha própria equipe, trabalhando com eles as melhores possibilidades para o nosso setor e o nosso dia a dia”, completa.

Os feedbacks positivos de Marina e de tantas outras funcionárias que participaram dos treinamentos ou foram contratadas fizeram com que a SG Canalização e a Plure já renovassem o contrato para o ano que vem. “Sempre trabalhamos fortemente para atrair mais mulheres para a empresa, mas sentíamos mais dificuldade na inclusão feminina no ambiente operacional, historicamente considerado mais masculino. Já nos primeiros meses de parceria com a Plure, contratamos duas funcionárias, uma para escritório e outra para a fábrica de Itaúna, e montamos um banco de talentos feminino com 1.700 currículos disponíveis. A perspectiva para o ano que vem é ainda melhor”, afirma Tatiane de Paula, diretora de RH e Medicina da Saint-Gobain Canalização.

Com mulheres ocupando 23% dos cargos de liderança atualmente, Tatiane conta com a parceria com a Plure para aumentar esse percentual e chegar aos tão sonhados 30% nos próximos anos. “Além do nosso trabalho com a Plure, temos comitês de diversidade e promovemos ações pautadas na pluralidade e inclusão, sempre alinhadas às metas da empresa e aos compromissos firmados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Dessa forma, buscamos constantemente promover ambientes acolhedores através do diálogo e da compreensão das diferenças. Assim, queremos deixar um legado que ultrapasse os muros da empresa e impacte as vidas de cada uma das nossas colaboradoras”, relata a executiva.

IBBX
Com o objetivo de ampliar o setor de serviços, especialmente nas áreas ligadas à indústria 4.0, a Saint-Gobain Canalização fechou parceria, há pouco mais de um ano, com a IBBX. A aposta deu certo e, até o fim de 2023, mais de 1,7 mil sensores desenvolvidos pela empresa e a startup foram instalados em 30 indústrias de diferentes ramos, como saneamento, automobilística, construção civil, mineração e siderurgia. “Começamos com 100 sensores e tivemos um crescimento expressivo no número deles instalados nos nossos clientes em menos de um ano, o que revela o grande potencial desse mercado. Para este ano (2024), a nossa perspectiva é chegar a quatro mil sensores instalados e ainda iniciarmos o nosso plano de expansão para o México e Argentina”, esclarece Pedro Taves, diretor Comercial e de Marketing da empresa.

A parceria entre a SG Canalização e a IBBX prevê o fornecimento de três tipos de sensores wireless para melhorar a eficiência de indústrias, companhias de mineração e de saneamento. A startup localizada em Capivari, São Paulo, produz sensores carregados via campo eletromagnético, oferecendo custo mais baixo e facilidade, pois podem ser instalados em locais afastados onde não há energia elétrica próxima. São três tipos de sensores: preditivo (para prever problemas futuros em equipamentos eletromecânicos); de pressão (voltado para tubulação de água das adutoras, o equipamento faz 500 leituras por segundo e é um detector de vazamento); e de eficiência energética (verifica a eficiência de equipamentos e contribui com leituras para redução do consumo de energia).

Ainda em 2024, a Saint-Gobain Canalização e a IBBX pretendem trabalhar com equipamentos para controle de água. “Vamos iniciar um projeto-piloto dentro das indústrias da própria Saint-Gobain, com sensores para controle de água, do fluxo dela nos processos industriais, tanto daquela captada quanto da descartada no final”, conclui Taves.

Sobre a Saint-Gobain Canalização

A Saint-Gobain Canalização é uma empresa brasileira do grupo francês Saint-Gobain (presente em 70 países e no Brasil desde 1937). A companhia fabrica tubos de ferro fundido dúctil utilizado em obras de grandes adutoras, além de acessórios como conexões, válvulas e tampões com a marca mundial PAM, oferecendo soluções completas para o setor de infraestrutura de água e esgoto; indústria; irrigação; mineração e construção civil, no Brasil e em todos os países da América Latina. A empresa tem atualmente 1.300 funcionários e instala mais de 1.500 km de tubo de ferro fundido dúctil no Brasil por ano.

 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canalcomq.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp